Público

Sete doenças que causam ranho na infância

Sete doenças que causam ranho na infância


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

As crianças ganharam a reputação de "pirralhos" trabalhadores. E é que durante a fase infantil é normal ver como os bebês e crianças têm ranho pendurado sob o nariz.

Não se preocupe muito com o muco, pois os problemas respiratórios são comuns nos primeiros meses de vida, principalmente quando as crianças entram no jardim de infância. Porém, existem alguns sintomas a ter em mente que devem ser vistos pelo pediatra, enquanto outros não devem nos alarmar. No Guiainfanti.com esclarecemos isso para você.

Se o ranho de nossos filhos é transparente ou branco e aparece intermitentemente, não há por que se preocupar, eles são uma parte intrínseca da criança; Só se estiverem amarelos e a gente não conseguir tirar é sinal de infecção e devemos ir ao pediatra.

1- espirros: Um espirro não significa que a criança está constipada, mas sim que existe alguma impureza no ar que deve expelir do nariz, por isso não devemos tapá-los excessivamente assim que os ouvirmos, mas sim olhar para veja se há alguém fumando ao seu redor.

2- Nariz entupido: É algo a ter em conta, uma vez que os bebés não sabem respirar pela boca e é algo que aprendem com o tempo, pelo que ter o nariz limpo é vital para eles. Se fizerem ruídos pelo nariz, mas puderem respirar, não é sinal de prisão de ventre. Como não sabem soar, o que se usa é soro fisiológico, uma mistura de água com sal, que será aplicado quantas vezes forem necessárias.

3- Tosse: só preocupa se for persistente, pois muitas vezes são truques que os bebês aprendem a chamar a atenção.

4- Ruídos e assobios no peito: Geralmente ocorrem nos brônquios e não são alarmantes se desaparecerem quando a criança muda de posição ou quando o ranho é removido, ou se são intermitentes.

5- Dor de ouvido: Geralmente se houver muito muco, pois pode ocorrer otite. Deve ser visto pelo pediatra, principalmente se estiverem acompanhados de pus nas orelhas.

6- Legañas: Às vezes são sinal de conjuntivite se forem comuns, se forem apenas ocasionalmente, basta lavar com soro.

7- Febre: Lembre-se que a temperatura dos bebês é muito mais alta que a nossa, então começa a ser febre quando passa dos 38 graus. Se forem poucos décimos não há necessidade de se alarmar, mas se persistir, é aconselhável ir ao pediatra.

É melhor dar o mínimo de remédios possível aos bebês. O melhor remédio para resfriados é sempre água: ajuda a dissolver o muco, expele-o e hidrata o corpo.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Sete doenças que causam ranho na infância, na categoria Saúde no local.



Comentários:

  1. Satordi

    Ideia brilhante e é oportuna

  2. Shakazilkree

    Random encontrou este fórum hoje e se inscreveu para participar da discussão sobre esse problema.

  3. Sajid

    É notável informações bastante valiosas

  4. Adiran

    desculpe, a mensagem foi deletada

  5. Nikonos

    Você foi visitado com uma ideia simplesmente excelente

  6. Wapi

    Não tem análogos?

  7. Yozshujar

    Sua frase é incomparável ... :)

  8. Kian

    Eu sou muito grato a você. Muito obrigado.



Escreve uma mensagem